Blog

Endlessenses promove Teambuilding

Colaboradores da Bluepharma ‘invadem’ Conímbriga

  |   Sem categoria   |   No comment
Às portas da oppidum Conímbriga, situada na importante via romana que ligava Olisipo (Lisboa) a Bracara Augusta (Braga), todos os dez povos se juntaram com os seus membros num total de 150 invasores para conquistar a cidade romana!

 

 

Aos dezoito dias do mês de Julho, numa manhã de nevoeiro denso, foram chegando a esta finisterra, por entre as brumas e os pinheiros mansos das Terras de Sicó, vários grupos de homens armados (de boa disposição e espírito de equipa), com o intuito de conquistar Conímbriga, outrora um castro no cimo de um morro habitado pelos lusitanos e que se tornou, em 136 antes da era cristã, uma oppidum com a opulência de Roma!

Foram dez os povos que se juntaram, entre eles os Lusitanos e os Romanos, e os Celtas e Celtiberos, os Iberos, Vândalos, os Álanos, os Visigodos, os Suevos e, finalmente, os Vikings!

Um cidadão romano dera-lhes as boas vindas, convidando-os a redescobrir os diversos edifícios da Oppidum e suas funções sociais, políticas e culturais e ainda a visitar as opulentas casas romanas – Domus – com os seus belíssimos peristilos (jardins interiores, com jogos de água e colunas).

Cortar, pintar e construir um escudo, símbolo do seu povo, criar uma personagem romana que foi outrora o proprietário da Casa dos Repuxos, destacando as suas características físicas e psicológicas, fotografar os mosaicos romanos representativos da mitologia romana, foram alguns dos desafios com que os povos invasores foram confrontados para que pudessem conquistar as chaves de Conímbriga e ir em frente na sua conquista!

Os membros das dez equipas participaram ainda na montagem de uma cena cinematográfica, com director de cena, adereços e maquilhagem, figuração, representação cénica e filmagem em direto e adivinharam, por intermédio dos cinco sentidos, os aromas, as texturas e os sabores das plantas aromáticas e medicinais daquele período romano, dos cereais e frutos típicos da sua gastronomia e das bebidas com que acompanhavam as refeições.

A música, a cultura, os jogos olímpicos com provas de saltar, correr e arremessar, divertiram os participantes durante a manhã, durante a qual percorreram as ruinas da antiga cidade romana, seguindo-se um almoço ao ar livre no Peristilo do Museu Monográfico de Conímbriga!

Caixa:

Foi no tempo do imperador Augusto que os romanos transformaram este lugarejo numa autêntica cidade romana, adaptando o seu urbanismo geométrico à povoação pré-existente. Construíram um aqueduto, um fórum e as termas, tinham avançados sistemas de canalização e de esgotos e também bairros comerciais e de habitações chamados os insulae.

A cidade foi toda demarcada por uma vasta muralha. a 70 d.c. passou a ser um municipium, foi ampliada e enobrecida com obras de ampliação do fórum e a construção de termas de maior grandeza.

Em finais do século iii depois de cristo, espalham-se rumores de ataques por parte dos povos bárbaros. Em Conímbriga, constrói-se uma muralha defensiva com cerca 4 metros de espessura. Destroem-se casas privadas e edifícios públicos, como o anfiteatro e as termas, para retirar a pedra para a construção desta linha defensiva!

A cidade consegue sobreviver a constantes ataques, até ao século vi, mas acaba por sucumbir nas mãos dos bárbaros. Foram os suevos que incendiaram e pilharam a cidade, que com falta de água, devido à destruição do aqueduto, acaba por ser abandonada!

O bispado e a administração da cidade de Conímbriga são transferidos para a Aeminium. O próprio nome da ciuitates se desloca e a Aeminium passa a designar-se Colimbria, mais tarde Coimbra.

O convite é extensível e todos quantos desejem descobrir os segredos escondidos desta opulenta cidade romana situada a ocidente, conquistada aos lusitanos e com o quem os romanos conviveram pacificamente durante séculos!11745277_10204117052796193_2133469487_o 11747543_10204117053556212_1672921296_o 11747456_10204117059116351_2075306402_o 11746730_10204117052836194_1514898231_o

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.